RÁDIO WEB CEDEPPE

Somos o Núcleo Divisão Internacional - América Latina e USA do Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos levando a Excelência da Gestão às Organizações Associadas!

MENSAGEM DO DIA

"À medida que envelheço, presto menos atenção ao que as pessoas dizem; simplesmente observo o que fazem."

Andrew Carnegie


Ouça a Rádio CEDEPPE em seu computador, com os aplicativos:

Winamp, iTunes   Windows Media Player   Real Player   QuickTime 

Associe-se => AQUI

Pense em associar o seu local de trabalho pois as empresas associadas e seus funcionários têm à sua disposição uma série de benefícios que contribuirão para o fortalecimento de seus negócios.

Entre eles destacam-se :

  • Para os associados Pessoas Físicas, grande aumento de visibilidade e empregabilidade. Veja algumas AQUI.
  • Para associados Pessoas Jurídicas, geração de negócios através de REPRESENTAÇÃO e um braço forte em organização gerencial e operacional. Associe no Formulário colocado AQUI.
  • Inclusão na comunidade  dos clientes CEDEPPE, possibilitando o intercâmbio de informações de oportunidades;
  • Divulgação facilitada e segura para as melhores empresas
  • Gerenciamento de Projetos por profissionais certificados e de alta competência
  • Assessoria personalizada em Web / Banco de Dados
  • Assessoria Jurídica para consultas e pareceres de interesse geral. Condições especiais para a contratação de escritório jurídico especializado em comércio, tributação, temas trabalhistas, de segurança ocupacional e de comércio exterior. 

ÚLTIMOS ARTIGOS












Regional Centro Oeste - Brasil

Somos uma associação de direito privado e sem fins lucrativos. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos trabalha com prefeituras municipais, empresas e profissionais universitários, todos associados e reunidos em um mesmo banco de dados,  usufruindo excelente processo de divulgação. Todos são bem pagos e não temos lucro.

O que "vendemos" ? Palestras, cursos, consultorias e assessorias organizacionais, consultorias financeiras, jurídicas e técnicas.

A Regional Centro Oeste do Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos  apóia iniciativas de desenvolvimento sustentável para empresas e municípios..

1. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos é uma organização brasileira, sem fins lucrativos desde 2001, tendo como participantes uma rede de executivos comprometida com a gestão e sistematização da qualidade, do meio ambiente e da responsabilidade social corporativa de grupos comprometidos com a conservação da natureza dentro do contexto social e econômico brasileiro;

 2. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos age baseado em sólido conhecimento técnico-científico e administrativo;

 3. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos pretende trabalhar cada vez mais na identificação de  problemas de gestão da qualidade, do meio ambiente, conservação de recursos hídricos, de mau uso do solo, concebendo e implementando, geralmente com parceiros, projetos de caráter demonstrativo que apontam soluções para esses problemas;

 4. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos trabalha ativamente para que as soluções ou prioridades em termos de sistematização da qualidade e do meio ambiente sejam adotadas, incluindo treinamentos e conCentro Oestetorias para as certificações ISO 9001ISO 14001 e SA 8000, gerando nas cadeias produtivas como a de biocombustivel, alimentos, medicamentos, agroindústrias, e outras, produzindo boas referências  para audiências específicas e articulando ações de políticas públicas a partir dos resultados obtidos em seus projetos ou diagnósticos/ auditorias organizacionais. Também desenvolve sistematização da qualidade em prefeituras municipais com grande sucesso.

5. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos é comprometido com o fortalecimento do movimento ambientalista brasileiro e com o engajamento da sociedade na conservação da natureza;

 6. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos mantém uma ampla base social, que inclui seu quadro de afiliados, parceiros da mais alta competência.

 7. O Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos é uma instituição ágil, que administra seus recursos de forma eficaz e transparente

 8 - Lidamos com desenvolvimento sustentável. Este é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro. Essa definição surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas Nações Unidas para discutir e propor meios de harmonizar dois objetivos: o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental. Assim é nosso trabalho regional.

Agricultura

Muitos cultivos, antes restritos às regiões Sul  e Sudeste, mostram-se promissores em áreas do Centro-Oeste. É o caso da soja, do trigo e do café.

A agricultura de subsistência, com o cultivo de milho, mandioca, abóbora, feijão e arroz, através de técnicas primitivas, sempre se constituiu em atividade complementar à pecuária e ao extrativismo. O crescimento populacional que vem caracterizando a região, a melhoria das vias de comunicação e o mercado consumidor sempre expressivo do Sudeste têm aumentado muito o desenvolvimento da agricultura comercial.

As áreas agrícolas de maior expressão no Centro-Oeste são:

  • O "Mato Grosso de Goiás", área de solos férteis localizada no sudeste de Goiás, que é destacado centro produtor de arroz, algodão, café, milho e soja;
  • O Vale do Paranaíba, no extremo sul de Goiás, onde solos de solos vermelhos favorecem o desenvolvimento agrícola de municípios como Itumbiara e Goiatuba, com o cultivo de algodão, amendoim e principalmente arroz;
  • O Sul de Mato Grosso do Sul, região que se caracteriza pela produção de soja, arroz, café, algodão, milho e, recentemente, até mesmo trigo.
  • A Região de Campo Grande e Dourados (MS), destacam-se as produções de soja, milho, amendoim e trigo;
  • Área do cerrado, abrange terras nas quais se pratica, em grandes propriedades, a pecuária extensiva de bovinos, com destaque para os estados de Goiás e Mato Grosso, que juntos abrigam 15% do rebanho nacional. Também se criam equinos, porém em menor proporção;
  • Pantanal (MS), tradicional área pecuarista, onde se pratica uma pecuária ultra-extensiva de baixa qualidade, com numerosos rebanhos de bovinos e bufalinos

Essas são as seis regiões mais importantes, mas não são as únicas em que se pratica a agricultura comercial. Ao longo da Rodovia Belém-Brasília, próximo a Campo Grande e a oeste de Brasília, novas áreas agrícolas se destacam, valorizadas por incentivos fiscais do governo, criação de condições de armazenamento, técnicas de controle da erosão, abertura de novas estradas e assistência técnica e financeira ao agricultor. Novos conceitos de agronomia e introdução de modernas técnicas de recuperação do solo têm tornado extremamente otimistas as perspectivas de cultivo nas vastas extensões de cerrado que recobrem o Centro-Oeste, antes pouco valorizadas e utilizadas apenas para a pecuária.

Pecuária

A pecuária de corte é a atividade econômica mais importante da Região Centro-Oeste do Brasil.

Possuindo em média mais de quatro cabeças de gado para cada habitante, o Centro-Oeste dispõe de um enorme rebanho, destacando-se o gado bovino, criado geralmente solto, o que caracteriza a pecuária extensiva. Esse tipo de criação dificulta o aproveitamento do leite e, assim, praticamente todo o rebanho é destinado ao corte e absorvido pelo mercado consumidor paulista e pelos frigoríficos do oeste do estado de São Paulo. Apenas no Centro Oeste da região é que a pecuária leiteira apresenta maior expressão, sobretudo em áreas mais urbanizadas e que dispõem de uma boa rede de transportes,

facilitando a comercialização da produção. Parte do leite é industrializado por laticínios da própria região e do Sudeste.

A vegetação do cerrado não é de boa qualidade para a alimentação animal e por isso os rebanhos têm baixo rendimento, produzindo pouca carne. Para contornar esse problema, recorre-se às chamadas invernadas, fazenda de engorda onde o gado passa um período para ganhar peso. Embora o gado seja abatidoem Mato Grosso, as invernadas estão localizadas geralmenteem Minas Geraise São Paulo

As áreas de campo do Pantanal, o cerrado próximo à Campo Grande e da parte Sul de Goiás constituem as áreas pastoris de maior importância na região, onde, inclusive, se desenvolvem muitas pastagens artificiais. Essa atividade econômica enfrenta sérios problemas na área do Pantanal, onde as cheias frequentes forçam a entrada do gado para áreas mais altas. Recentemente, importantes áreas de pecuária têm sido implantadas ao longo das rodovias que ligam o Centro-Oeste à Região Norte.

Além dos bovinos, que representam 80% dos rebanhos do Centro-Oeste, destaca-se ainda o rebanho suíno, em Goiás.

Indústria

Trata-se de uma atividade que vem crescendo no Centro-Oeste. As indústrias mais expressivas são recentes, atraídas pela energia abundante fornecida pelas usinas do complexo de Urubupungá, no rio Paraná (Mato Grosso do Centro Oeste), de São Simão e Itumbiara, no rio Paranaíba, de Cachoeira Dourada (em Goiás) e outras menores. As indústrias mais importantes são as de produtos alimentícios, farmacêutica, de minerais não-metálicos e a madeireira.

A área mais industrializada e desenvolvida sócio-econômicamente do Centro-Oeste estende-se no eixo Goiânia-Anápolis-Brasília. Tem como destaque as indústrias automobilística, farmacêutica, alimentícia, têxtil, de produtos minerais e bebidas. Outros centros fabris importantes são Campo Grande (indústria alimentícia), Cuiabá (indústria alimentícia e de borracha), Corumbá, favorecida pela proximidade do Maciço do Urucum para a obtenção de matérias-primas minerais, Catalão e Rio Verde em Goiás e Três Lagoas (Mato Grosso do Sul), que sozinha foi responsável por 0,25% do crescimento PIB brasileiro.

Goiás é o estado mais industrializado da Região. Neste estado está localizado o Distrito Agro-Industrial de Anápolis (DAIA) - o mais importante pólo industrial do Centro-Oeste - que na última década recebeu diversos tipos de indústrias, principalmente de medicamentos (o que faz do município o maior pólo farmo-químico do Brasil) e a montadora de automóveis Centro Oeste-coreana Hyundai; além de Catalão, importante pólo mínero-químico e metal-mecânico, com destaque para a montadora de automóveis Mitsubishi e a montadora de máquinas agrícolas John Deere.Em Rio Verde, Itumbiara, Jataí, Mineiros e Mozarlândia encontram-se importantes indústrias no ramo alimentício; Uruaçu, Minaçu e Niquelândia, com indústrias de extração e processamento de minérios; Jaraguá, um pólo da indústria do vestuário e Senador Canedo, com um complexo petroquímico da Petrobras e atividades na indústria calçadista.

No estado de Mato Grosso do Sul, as indústrias se baseiam no extrativismo mineral já que nessa região a concentração de minérios de ferro é muito grande. Além dissoem Três Lagoasé de considerável vulto a produção de papel e celulose.


Voltar ao Topo
Fee